quarta-feira, março 15, 2006

Março de 2006

A vida é muito complicada,
ou não...
é tão difícil estar sem rumo
é tão pouco fácil nos sentirmos bem
com nós mesmos...
São vários factores,
são várias variáveis,
tantas incógnitas!!
Mudo tudo, ou melhor quero mudar!
Mudo a disposição do mobiliário.
Quero eliminar cada grão de pó,
como se ao eliminar cada grão,
conseguisse destruir os momentos vividos e sentidos!
Mas sei que por aí não é o caminho...
Já passaram vários meses,
não tenho porque mais chorar,
mas a realidade é que choro...
continuo a pensar, no entanto quero acreditar que é um ciclo que vai fechar.
Claro que eu quero e desejo que seja para breve.
Há pouco uma pessoa que conheço muito pouco e
há pouco tempo teceu uma teoria a meu respeito,
que considero válida...
Disse que eu estou a sentir uma necessidade grande...
De me sentir amada,
pois que se notava que eu estava cansada,
de me entregar de corpo e alma a uma relação,
isso é de facto uma realidade!
Não me sinto preparada para amar...
Não sei se um dia me voltarei a sentir!
Como eu sou uma dependente do amor,
até acho esta palavra muito difícil de escrever
quanto mais de dizer em voz alta!!
Bem senti-la, então está fora de questão…
Sorrir por se gostar de alguém é mais difícil do que parece…
É complicado, pois nós, humanos
fomos educados, criados para encontrar uma só cinderela
ou um só príncipe encantado
e para toda a vida…
E essa é uma ideia que é estereotipada, preconcebida!
E como cada vez mais as relações são efémeras,
mais difícil é a entrega,
menos verdadeira e pura se torna.
A perfeição torna-se impossível de alcançar…
Mas perfeição, para quê?!
Chorar e rir é amar também!...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home